Mensagens

A mostrar mensagens de Fevereiro, 2015

É Sexta!

Imagem

Awkward moment...

Mandei vir umas coisinhas da Internet para o aniversário do homem.
Uns dias mais tarde, recebo uma chamada da minha sogra: "Tenho uma encomenda para ti. Como não estavas em casa, o carteiro deixou aqui". 
.
..
...
O remetente? Uma sexshop...Obrigada Sr. carteiro!

A melhor dança do mundo...ou da rua, vá!

Rapaz gasta cerca de 200 mil euros para ficar igual a Kim Kardashian

Imagem
E o resultado foi este:

 Tal banhada!
Mais imagens aqui.

Expliquem-me como se eu fosse muito burra

Imagem
Caso 1:


Caso 2:

Bairrismos nos Açores

Em conversa com o meu colega que quer ir trabalhar uns tempos para São Miguel.


Ele: Se eu for, o mais provável é não voltar.
Eu: Tu és picaroto, mas tens uma costela terceirense. E terceirense que se preze não gosta de São Miguel!
Ele: Mas eu não sou um terceirense que se preze...
Eu: Ai é? Vou dizer à chefe para meter um faialense no teu lugar!

.
..
...

Parece que alguém veio ao engano

Imagem
Lamento filh@, aqui não temos nada relacionado com masturbação de mulheres.

Da Maria Flausina.

Como já referi, a minha mãe esteve doente. Tomou Xanax durante muitos anos, parou abruptamente. Como diz o meu pai "a primeira tolice foi ter começado, a segunda foi ter deixado assim", mas as coisas são como são e temos de lidar com a realidade.
A coisa descambou de maneira que a minha mãe teve alucinações. Esteve três dias e três noites sem dormir, pois tinha medo de que a matassem.
Na Quarta-feira, dia 4, liguei à minha chefe às 7 e pouco da manhã. Ao meio-dia estava num avião a caminho da Terceira. O meu objectivo: Tratar da minha mãe.
Ela foi com a minha irmã ao aeroporto. Depois de tanto tempo com alucinações, percebi que ela não me queria cumprimentar com medo de que eu fosse apenas mais um episódio alucinatório. Sorriu apenas. Aquela não era a minha mãe. Estava tão magra!
Fomos directas para o hospital. O psiquiatra já estava a par da situação. Pelo caminho percebeu que era mesmo eu. Começou a chorar, pois sabia que eu estava ali para levá-la para o hospital. Isso partiu…

Fica o compromisso

Imagem
Deixar, de uma vez por todas, o que me faz mal. Deixar de pensar no que já passou.
Time to move on!

Aceitam-se sugestões

Imagem
O meu gajo faz 32 anos no dia 15 de Março. Combinámos fazer qualquer coisa a dois na noite de 14, para passarmos o dia 15 com a família e amigos.
Queria preparar-lhe algo especial. Pensei num jantar e numa noite diferente...Mas preciso de ajuda!
Por isso minhas lindas, dêem-me ideias! Facebook, e-mail, comentários...Vale tudo!

Do relógio biológico

Imagem
Agora que vivo com o senhor meu namorado, toda a gente quer saber quando começamos a procriar que nem coelhos.

Não estou preparada para isto.

Música para os meus ouvidos

Obrigada.

Esta é uma das coisas boas da blogosfera: As amizades que desenvolvemos com pessoas que nunca vimos.
Quero agradecer a todos os que mandaram mensagem,e-mail e que de algum modo expressaram a sua solidariedade para com o mau momento que a minha família atravessa.
Meti-me num avião na 4ª-feira e vim para casa. A Maria Flausina recebeu todos os cuidados necessários e está a recuperar bem.
Obrigada Pessoas!

Aprendi esta lição da pior forma.

Ela era uma mulher alegre, feliz.
As circunstâncias da vida levaram-na a um estado depressivo. Começou a tomar xanax 0.25
Com o tempo o medicamento deixou de fazer efeito. Aumentou a dose para 0.5
Começou a tomar vários comprimidos por dia. Demasiados. E este péssimo hábito durou muitos anos.
Na semana passada decidiu deixar de tomar Xanax sem dizer a ninguém. No Sábado foi parar ao hospital após uma convulsão. A neurologista achou por bem dar-lhe medicação substituta. Toma um comprimido por dia. Mas não é suficiente para atenuar a sintomatologia da abstinência do xanax.
Tem tremores, alterações de humor e insónias. Mas o pior são as alucinações. Vê pessoas que não estão presentes, tem conversas com essas pessoas e percebemos que ela acredita mesmo naquilo.
De acordo com o que li, o cérebro está a reajustar-se à realidade. Mas custa. Custa ver uma pessoa, que há bem pouco tempo trabalhava, neste estado. E custa porque estou longe e não posso ajudar. Disse-lhe para vir passar uns tempos comi…

Custo de insularidade...

É teres de esperar uma semana pelas lentes de contacto.

Música para os meus ouvidos

É por isto que os ETs não falam connosco...

Forte pancada...

Facebook