Do relógio biológico

Agora que vivo com o senhor meu namorado, toda a gente quer saber quando começamos a procriar que nem coelhos.


mother


Não estou preparada para isto.


 

Comentários

  1. Perguntas dessas são fatais e inevitáveis como a morte...A mim perguntam quando tenciono arranjar namorado: faço um sorriso e sigo em frente, mas qualquer dia vou começar a responder sarcasticamente.

    ResponderEliminar



  2. Sei o que isso é. Durante 5 anos não fiz a vontade a ninguém até que se calaram.

    ResponderEliminar
  3. Eles não querem saber quando começam a procriar que nem coelhos, eles querem é saber porque não há já coelhos a caminho!! Eehehehheh


    Já agora, gosto muito do novo visual do blog.


    Bjocas*

    ResponderEliminar
  4. E quando tiveres o primeiro (quando te sentires preparada, CLARO!) vão começar a perguntar quando vem o segundo, vais ver! E a dar sugestões do espaço temporal entre eles e blá-blá-blá!
    Comigo foi assim... durante aaaaanos! Credo! Até que se calaram! Também!... Ao fim de 19 anos já não fazia sentido, certo?!  (já lá vão 24 aninhos...)
    Fazes tu muito bem, menina! 
    Comecem a procriar quando lhes apetecer!

    ResponderEliminar
  5. Há sempre aquele amigo/familiar que quer saber mais do que lhe diz respeito.
    Nada a fazer...

    ResponderEliminar
  6. hahah
    Não gosto de apressar as coisas. Tudo a seu tempo 

    ResponderEliminar
  7. Casais sem filhos e filhos únicos estão condenados à exclusão social! hahah

    ResponderEliminar
  8. Há uma pirâmide de perguntas que eu abomino: 1º"Quando é que arranjas namorado?" 2º"Quando é que te casas?" 3º"Quando é que chegam os bebés?". Muitas vezes esta frase vem com brinde "Já estás mais que na idade, não deixes para mais tarde" (sou vítima disto constantemente). Mas quem passa por essas três etapas, namoro, casamento e filhos, ainda há uma 4ª questão "Quando arranjas um irmãozinho para o x?" E se já tiveres dois do mesmo sexo, perguntam-te quando tens um do outro sexo porque perfeito perfeito é ter "um casalinho". Que irritação! ;)

    ResponderEliminar
  9. Ui, o que eu sofri! Nasceu o Gabriel, depois começou a história "precisa dum irmã/ão"!! Não vale a pena!!!

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Facebook

Mensagens populares deste blogue

Comentários que merecem ser post.