Ao João Quadros

Caro João Quadros,

Concordo com a sua crítica à abstenção nas últimas eleições regionais. Uma vergonha, tendo em conta a tenra idade da nossa democracia. Contudo, não posso - nem quero - aceitar a sua ignorância no que concerne a este magnífico arquipélago.
Comecemos pelo básico: Os Açores são constituídos por 9 ilhas. Sim, eu sei que 90% dos continentais pensa que o arquipélago resume-se a São Miguel, mais conhecido como "a ilha dos Açores".

Compreendido? Então vamos lá:


  • A ilha do Pico tem aquele que foi considerado um dos espaços mais bonitos do mundo pela Plataforma Online de Arquitectura ArchDaily: O Cella Bar. Deve ser deveras interessante beber um bom vinho (do Pico, claro!) na esplanada do Cella com vista para o Faial e para o ponto mais alto do Portugal: A montanha do Pico. Não me diga que pensava que era a Serra da Estrela?
  • O Faial, entre muitas outras características, tem uma marina mundialmente conhecida e - dizem os entendidos na matéria - o melhor gin tónico.
  • São Jorge dispensa apresentações. A ilha é tão conhecida que recebeu no ano de 2015 o "Canyoning International Meeting Azores". As fajãs falam por si e...o queijo também!
  • A ilha das Flores tem mais do que a velhinha com a dor no joelho. Tem cascatas maravilhosas e um excelente exemplo daquilo que é o turismo rural de qualidade: A Aldeia da Cuada.
  • A ilha do Corvo é, de facto, pequena, mas única. Todos os habitantes se conhecem (incluindo os dois pastores) e parece que as casas não têm número na porta. Mas sabe o que pode ver no Corvo? O caldeirão, que é uma montanha vulcânica extinta.
  • Santa Maria foi a primeira ilha a ser descoberta. Mergulhar com tubarões baleia é apenas uma das muitas coisas que esta ilha tem para oferecer. Mas só para quem os tem no sítio.
  • Graciosa. É aqui que se fazem as melhores queijadas do mundo. O ilhéu da baleia é uma das maravilhas desta ilha que merecem ser vistas.
  • São Miguel é a maior e mais populosa ilha do arquipélago. Aqui pode comer um cozido das Furnas (sim, esta gente cozinha na terra!) e ver as lagoas das Sete Cidades e do Fogo. Se sentir falta do seu conceito de civilização, pode sempre dar um passeio no Centro Comercial.
  • A ilha Terceira é considerada o "parque de diversões" dos Açores. Sabe porquê? Porque tem festa todo o ano. De Maio a Outubro realizam-se todos os fins de semana touradas à corda e, pasme-se, os terceirenses precisam de 10 dias para festejar o São João. Uma só noite é para meninos.
    Além da diversão, poderá visitar o Algar do Carvão que não é nada mais nem nada menos do que o único vulcão visitável no mundo. É verdade, estas ilhas são uma caixinha de surpresas.
Agora que já lhe "falei" um pouco sobre estas ilhas, deixe-me mostrar-lhe o quão revoltada estou com o seu texto.
Dizer que nos Domingos a malta só sai à rua depois das 18h00 se houver um tremor de terra é cruel e mesquinho. Os açorianos ainda têm na memória os estragos dos sismos de 1980 e 1998. Nós sentimos a força da natureza, enquanto vocês passam a vida a especular sobre os possíveis estragos de um sismo com a intensidade de 1755. Deixe-me encerrar este ponto dizendo que saímos à rua depois da 18h00 aos Domingos e até conseguimos ir ao multibanco sem sermos assaltados.
Percebo a sua estupefacção ao saber da eleição de um deputado do PPM pelo Corvo. Mas peço-lhe que perceba a minha enorme vontade de me atirar de uma ponte ao ver que elegeram o Sr. Dr. Aníbal Cavaco Silva para Presidente da República...duas vezes!
O João Quadros cometeu um erro de principiante: Tentar ser engraçado quando o assunto é sério. É claro que a abstenção deve ser combatida. É assustador um partido político ter maioria absoluta com pouco mais de 40.000 votos. Agora dizer que isso se deve ao facto dos Açores serem um fim do mundo e os seus habitantes uns analfabetos com problemas nas articulações é no mínimo ridículo. Mas não se preocupe, eu sei que nem todos têm o privilégio de viver nestas maravilhosas ilhas. 
Caro João, entretenha-se a escrever uma data de parvoíces sobre este arquipélago. Entretanto, se nos permitir, continuaremos por cá a festejar e a receber os nossos turistas de uma forma que só nós sabemos fazer. Não é por acaso que os Açores são um dos melhores destinos turísticos do mundo.

Cumprimentos,
Miss

Comentários

  1. Respostas
    1. O escárnio com que escreve sobre os Açores é de mau gosto...E de um humor muito baixo.

      Eliminar
    2. Também li o artigo daquele imbecil e se for para ter piada, nota-se que não o conseguiu. Aquele fulano é o típico "cubano" que o Alberto João Jardim passou décadas a combater e a satirizar e a meu ver com muito sucesso. Talvez faltasse mesmo era um AJJ aos Açores para espetar com uns "Quadros" pela cabeça daquele ignorante.

      Eliminar
    3. Um AAJ não era má ideia, mas nos Açores só reinam os Césares!

      Eliminar
  2. E quem fala assim não é gago!! Muito bom!! Quando a gente pensa que já leu tudo eis que chega uma mente iluminada de tanta ignorância, enfim...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ultimamente só vejo críticas sem fundamento aos Açores. Caramba, que já irrita!

      Eliminar

Enviar um comentário

Facebook

Mensagens populares deste blogue

Comentários que merecem ser post.